Objetivos do curso

Proporcionar uma formação técnica para quem pretenda desempenhar as funções de Desenhador Projectista de Construção Civil, proporcionando uma colocação destes novos técnicos no mercado de trabalho em áreas associadas a projectos de Construção Civil, nomeadamente na área de Arquitectura, Estruturas de Betão Armado, Pontes, Topografia e Estradas, Redes de Água e Esgotos e Electricidade. Os técnicos ficam aptos a executar todos os projectos das especialidades acima mencionadas com um alto grau de especialização e actualização, permitindo-lhes uma integração em equipas de projectos, colaborando com outros técnicos.

Destinatários

O curso está direccionado a todos aqueles que, mesmo sem experiência no mundo da construção civil, ou de desenho técnico, desejam iniciar, ampliar ou aprofundar os seus conhecimentos para progredir numa carreira profissional de nível intermédio em empresas de construção civil e obras públicas ou em gabinetes de projectos, tornando-se interlocutores privilegiados junto dos Arquitectos e Engenheiros. Este curso permite igualmente o desempenho de uma profissão a título liberal, como profissional livre, seja a tempo inteiro ou como complemento da actividade profissional como Desenhador num gabinete de projectos.

Pré-Requisitos

Para a frequência desta formação não são exigidos pré-requisitos especiais. O curso é aberto a qualquer participante, sendo todavia recomendável ter como base mínima o 9º ano.

Perfil Dos Formadores

Como é norma nos cursos do INEPI, os formadores conjugam uma relevante formação académica com uma experiência profissional prática e efectiva (tanto em gabinete como em obra), sendo profissionais da área, com um conhecimento muito directo e prático das necessidades efectivas com que os formandos se confrontarão no mercado de trabalho.

Estruturação Pedagógica

O curso tem uma estrutura linear, sendo ministrado de forma contínua e sequencial, embora interligando unidades pedagógicas diferenciadas.

Algumas destas unidades pedagógicas correspondem a Unidades de Formação de Curta Duração (UFCD) do Catálogo Nacional de Qualificações (CNQ) (ver explicação mais abaixo no item referente a Certificações).

O curso é composto pelas seguintes unidades pedagógicas:

 

  • Desenho Técnico – 50 horas (UFCD código 2795)
  • CAD – Desenho Assistido por Computador – 45 horas
  • Representação Gráfica – 50 horas (UFCD código 2796)
  • Arquitectura (Legislação) – 25 horas (UFCD código 2798)
  • Organização Processual (Peças Escritas) – 10 horas
  • Projecto de Arquitectura (prática) – 50 horas (UFCD código 2799)
  • Elementos de Construção – 50 horas (UFCD código 2775)
  • Projecto de Execução (pormenorização) – 10 horas
  • Implantação de Obra e Estruturas – 50 horas (UFCD código 2774)
  • Projecto de Instalações Especiais – 50 horas (UFCD código 2807)
Perfil de Competência

Os formandos, no final da sua formação, deverão ser capazes de: • Dominar as técnicas gráficas de representação das várias áreas de desenho e o modo de as aplicar • Dominar a linguagem técnica de projecto • Executar e interpretar plantas, alçados, gráficos e outros trabalhos afins, segundo esboços e especificações complementares • Dominar a execução de pormenores de projecto, que posteriormente irão ser laborados em obra • Utilizar meios computorizados aplicando-os aos trabalhos que desenvolverem • Executar as peças escritas complementares à organização processual de um projecto • Elaborar um projeto completo para apresentação a licenciamento

Saídas Profissionais

Os formandos com o Curso de Desenhador Projectista de Construção Civil, poderão exercer as seguintes profissões: - Desenhador Geral - Desenhador de Construção Civil - Desenhador de Arquitectura - Desenhador de Engenharia O INEPI tem uma estrutura própria para angariação de estágios (ou emprego) para os formandos, junto de empresas suas clientes, ou outras, sendo que com algumas tem protocolos específicos para este efeito. Sempre que possível, mas sem que tal seja um compromisso efectivo (pois depende da disponibilidade das empresas), o INEPI proporcionará a frequência de estágio aos seus formandos.

Certificações

No final do curso o formando terá direito a um certificado de formação profissional, nos termos da legislação em vigor. Este curso integra ainda as seguintes Unidades de Formação de Curta Duração (UFCD), constantes no referencial de formação de Técnico de Desenho de Construção Civil, do Catálogo Nacional de Qualificações (CNQ): UFCD 2797, 2796, 2797, 2799, 2775, 2774, 2807. Não obstante o reconhecimento destas unidades não ser directo, os formandos que mais tarde, ao longo da sua vida profissional, pretendam eventualmente vir a obter a qualificação de Técnico de Desenho de Construção Civil, conforme o referencial do CNQ, poderão obter o reconhecimento destas UFCD por via de um processo de RVCC (Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências), a efectuar por um Centro da rede Qualifica, não necessitando de frequentar novamente estas UFCD (para mais informação, consultar o Catálogo Nacional de Qualificações no site www.anq.gov.pt). Apesar de, para o exercício da profissão, não ser obrigatória a qualificação acima referida, ela poderá ser uma valência curricular interessante para o profissional de desenho de construção civil. O curso não confere grau académico.

Metodologia Pedagógica

O curso é essencialmente prático, adoptando o sistema de execução de projeto. Nas matérias mais teóricas, adotará uma metodologia expositiva, sempre que possível com aplicação prática direta ao projeto em execução.

Meios e Recursos Didáticos

Os principais meios didácticos a utilizar serão os meios audiovisuais, software específico e documentação de apoio ao curso. O curso decorrerá principalmente em sala, podendo incluir alguma visita de estudo a locais que o formador entenda relevantes. Os materiais consumíveis são, em qualquer curso, da responsabilidade dos formandos. No entanto, ao nível de consumíveis, este curso não exigirá o dispêndio de montantes significativos. A bibliografia eventualmente recomendada, ou meios técnicos que o formando possa utilizar na sua vida profissional pós-curso, não são considerados como consumíveis, pelo que o seu custo não é considerado para a estimativa acima referida. Por norma, qualquer documentação fornecida pelo INEPI, para apoio à formação, é disponibilizada em formato digital. Se o formando a pretender na forma impressa (em papel), o custo desse serviço ser-lhe-á debitado.

Critérios de Avaliação

A avaliação tem por base por base 4 vectores referenciais que são:

• Assiduidade

• Participação

• Testes / Exercicios

• Entrega do trabalho final – projecto do curso

A escala de avaliação utilizada é de 0 a 20.

Condições do Curso

A duração do curso é de 390 horas (aproximadamente 16 meses de duração efectiva de curso). As condições quanto a horários disponíveis, preços e condições de pagamento são as que, à data, constarem da tabela de condições dos cursos, do INEPI. Esta informação é fornecida directamente pela Secretaria. As condições contratuais são as constantes no Regulamento Interno do INEPI (disponível na Secretaria do INEPI e no site www.inepi.pt).